Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘pensamento’

Minha memória é de espelho retrovisor embassado de fumaça da neblina de paz da noite que chega. Espelho|ohlepsE me faz lembrar pedaços perigosos deste caminho que estou seguindo a algum tempo, entre curvas aventureiras do meu cotidiano e retas em alta velocidade de quem valoriza mais a viagem que o destino de tuas rotas.

Minha memória é vermelha rústica de móveis coloniais dos mistérios dos ministérios das artes de quem pouco se importa. Vermelha do calor do seu sangue nos meus sonhos, dos movimentos dos teus lábios nos meus encontros, entre outros tons de você que se configura nestes destinos de minhas rotas.

Take Off Your Panties

Take Off Your Panties

Anúncios

Read Full Post »

De teu sorriso tinha só os caminhos aleatórios da fumaça do incenso, movimento sem o tom de tuas cordas vocais reais em sintonia. trabalhei minha imaginação, e tornei de tua mão os 200 gramas da almofada encostada em minhas costas, sem o toque carinhoso de tua preguiça desvendando o meu corpo.

Libertei então meus sonhos, e fiz de tua pele o pesar do cobertor, que me cobria sem a harmonia de teu abraço (que me deixa quente em qualquer inverno). deixei você invadir meus pensamentos e fiz de tua boca o silêncio do meu quarto vazio, ouvinte apenas da minha respiração, na busca da tua por opção, por perto, por decreto. meu corpo se jogava preso nas tranças de cobertas ao meu redor, como pele, companhia que me deixava ainda mais a vontade para te trazer nos planos (ao redor dos panos!) de cuidar com carinho destes pensamentos, criando sentimentos e te inventando por perto, como que se plantasse flores no meu deserto, trazendo em cores de desejo uma nova liberdade de prender meus pensamentos em você.

Read Full Post »

tua metade eu procuro…
por entre noticias e segredos
invadindo a madrugada
olhar distante, por trás de alguns kilometros
nas linhas suaves de teu sorriso
que por aqui imagino…
teu lado “vazio” parece me aconchegar
pra meu corpo, um novo lugar
me encaixo no jeito que você fala
e esboço uma nova personalidade
sinto tua voz nas paredes do meu quarto
me mostrando uma nova realidade
como lembranças do desconhecido
invento um passado diferente
encaixado o doce tom do presente
nas linhas estranhas que ficaram pra trás…
vivo, enxergo, estico o luar
e no canto de um bom sonho te encontro
pra minha preguiça de acordar
deixo este momento mais longo…
mais natural…
aumento a minha memória
com o pouco de ti que conheço
que me inova como um nascimento
como massagem para meus planos de ontem
é o centro de meu pensamento
é o laço no círculo em que me encontro
e ignoro o medo do incerto acontecer
atropelando meus desejos de fantasia
sinto o vento do futuro mais perto
com cheiro tranquilo, um caminho…

trazendo um pouco de harmonia
e o meu futuro, gero como quero
nas linhas do teu caminhar
me prendo em meus pensamentos
procurando te encontrar

Read Full Post »

hoje eu me fiz em tons diferentes
pratiquei uma nova rotina
encontrei uma nova cor
e pintei todo o meu sabor.

escolhi um pensamento
e deixei você dominá-lo por inteiro
colorindo o guia do meu peito.

fiz de seu show um momento
que durasse o meu festival inteiro
ritmando as batidas em meu peito.

reciclei as minhas teorias
apagando meu caminho planejado
para com novos tons o pintar
com cores que ainda vou inventar.

escolhi um passatempo
te descobrindo em cada segundo
conhecendo um novo mundo.

meu sonho agora eu invento
sem ignorar um só segundo
o que imagino de teu mundo.

Read Full Post »

Caminhando na liberdade que criei de pensar em você com passos calmos e atentos (tons de inverno, temperatura forte, luzes apagada e a memória fraca) encontro um novo lugar, com tom de bossa nova, ondas mansas como no mar de lua nova e sede de tardes inesquecíveis.

Me dispenso ao meu novo momento me esperando depois de ti, me engano com meu próprio estilo e me sinto um pouco mais tranquilo. Esqueço minha liberdade no universo de teu pensamento, na certeza de mais tarde voltar pra resgatar esta nova energia (uma mania de repetir a mesma paz no teu silêncio) natural. Tenho de você alguns números, um pouco de árvore genealógica, uma cor no horizonte, uma canção (de levantar todo o público!) e o gosto de cinema, e com minha imaginação de te construir pedaço por pedaço, palavra por tempo, pele por noite, fico admirando minha nova invenção, sonoridade fluente, olhar ausente, disfarçando a dança dos desejos, gritando no meu coração. Crio cheiro de Dark Blue Eau, ouço voz de Katie Melua e procuro inspiração no compasso de tua respiração. Afogando em sono, me meço no reflexo que ainda não honrei de teu olhar e guardo uma palavra pra quando você chegar, na certeza de, na hora certa, a esquecer (dentro de você). Acordo por prazer.

Read Full Post »